O SURGIMENTO DA PINTURA MURAL

ESCAIOLAS EM PELOTAS

A
pintura mural existe como expressão humana há muitos milênios. Inicialmente
rupestre, executada na rocha das cavernas onde se abrigava o homem primitivo, e
geralmente com finalidade ritualística ou aritmética (contagem dos rebanhos),
sua ocorrência é registrada desde o paleolítico, nas mais diversas civilizações
ao redor do globo.

Ao longo do tempo, esta prática tomou conotações estéticas.  As paredes internas de seu abrigo passariam a ser decoradas ao seu gosto. Assim, foi o homem desenvolvendo gramáticas de cores, formas e signos e agregando arte a sua arquitetura. No antigo Egito, por exemplo, argila e limo recolhido nas margens do rio Nilo, quando misturados a fibras vegetais, cal e gesso, forneciam um material interessante, cuja aplicação no revestimento de paredes proporcionava um suporte muito apropriado à decoração pictórica. Era o nascimento da pintura a fresco.

Detalhe de um afresco retratando a caça de aves selvagens. Tumba de Nebaum, Tebas, Egito…

Ver o post original 195 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s